16 abril, 2011

[:]

"Ai de nós, educadores, se deixamos de sonhar sonhos possíveis. (...) Os profetas são aqueles ou aquelas que se molham de tal forma nas águas da sua cultura e da sua história, da cultura e da história do seu povo, que conhecem o seu aqui e o seu agora e, por isso, podem prever o amanhã que eles mais do que adivinham, realizam. "
Paulo Freire 

Um comentário:

Matheus Vieira disse...

A dificuldade por ser professor, para muitos, é porque não entendem o verdadeiro sentido da palavra sacrifício. A mentalidade do consumo e do acumulo de bens deixa às floras o nosso sentimento egoísta. Não falemos de sermos professores, mas mestres, não os detentores do conhecimento, pois nenhum mestre o é, mas daquele que ensinam e nos mostram qual o caminha a percorrer para alcançar o pleno conhecimento de si mesmo. A educação conteudista não prima pela vida, senão apenas pelo mesmo princípio do consumo, o acúmulo de conhecimento, muitas vezes por vaidade do que por necessidade.